A escolha do tema

Extraído do livro: Metodologia Científica - Como se tornar mais agradável a elaboração de trabalhos acadêmicos. Autora: Rosilda Baron Martins. (p.74-77).

Nessa fase inicia-se a caminhada da pesquisa, o que nem sempre representa tarefa fácil diante da multiplicidade de temas sugeridos pela atividade humana.
Nunes (2001) aponta algumas regras que poderão contribuir na escolha adequada do tema: escolha tema do seu interesse; importância ou utilidade do tema; existência de fontes; o tema não precisa ser de finitivo, pode ser conhecido ou não; escolher a partir de obras de autores conhecidos, dentre outras. Assunto que se quer tratar e a introspecção do mesmo para que não fique superficial e muito extenso, mas delimitado e profundo, gerando segurança no resultado pretendido. Em síntese, o tema ideal para pesquisa é aquele que preenche três condições fundamentais: atende  ao  gosto,  aptidão  e  tempo  do pesquisador;  é  relevante  para  uma ciência, uma escola ou para a sociedade e, ainda, se sobre ele é possível obterem-se dados. Certamente, a resposta a essas três questões é que tornará o tema interessante e desafiante para o pesquisador.

Embora, ao se escolher um tema de pesquisa, algo dele já é conhecido, a releitura exploratória é necessária pois tem o mérito de aumentar a extensão e a profundidade dos conteúdos conhecidos. Desse modo, consiste numa segunda etapa da investigação, já que a leitura sobre o assunto em dicionários, enciclopédias, livros, periódicos etc., é que permitirá que se esclareçam o sentido das palavras-chave, definições, classificações genéricas, situação histórica do problema, contribuindo para distinguir o essencial do secundário e, em conseqüência, facilitará a delimitação do conteúdo dos temas a investigar.
É, também, a argumentação sobre a validade e a oportunidade da pesquisa que se pretende desenvolver. É o momento de “vender o peixe”, ou seja, do convencimento de que o trabalho proposto convém ser desenvolvido. Compreende as explicações sobre os motivos de ordem teórica e prática que justificam a pesquisa, a viabilidade técnica e financeira da execução do trabalho, explicita as contribuições que pode trazer à área de conhecimento quanto a sua relevância científica.
Nesse momento, dá-se início à leitura exploratória, levantando conceitos novos, definições, curiosidades, nomes, datas, detalhes que pareçam importantes para aprofundamento posterior. Ao procurar materiais escritos, sejam fontes primárias ou secundárias, descobrem-se materiais nos fichários de bibliotecas, nas indicações que constam nos livros e periódicos, as linhas gerais do assunto vão sendo delineadas.

Questões a investigar: Problema

“Tornar   um   assunto   problemático   é   colocá-lo   em   dúvida, transformando-o num problema. É uma  maneira crítica de verificar todos os ângulos da questão, uma forma de checar todos os matizes que o tema pode  apresentar”  (NUNES,  2001,  p.  11).  Trata-se  do  apontamento  das questões  a  partir  das  quais  a  investigação  será  efetuada,  ou  seja,  a  problematização aparecerá como meio de levantar questões para o desenvolvimento da pesquisa e elaboração do texto.
Nesse sentido, Santos (2003, p. 39) explica que

a  problematização  é  a  transformação  da  necessidade  humana em problema, que por sua vez define-se como ‘necessidade humana, enquanto pensada’. O que se faz, na realidade, é dividir a  necessidade  em  seus  aspectos  componentes  julgados  importantes. A expressão gráfica do problema é a pergunta. [...] Com base na curiosidade pessoal ou necessidade intelectual despertada  pelos  dados  que  se  tem,  ou  que  se  reforçou  a  partir  das leituras exploratórias, criam-se perguntas a respeito do assunto.

O número e a qualidade das questões variam em função da extensão e profundidade do domínio do pesquisador a respeito do assunto. São as variáveis para as quais são procuradas soluções. Assim, formular o problema com uma pergunta (ou várias) facilita a identificação do que se deseja estudar. Além disso, é importante delimitar em uma dimensão viável para a pesquisa e redigir de modo claro a dificuldade. É importante ressaltar que uma adequada formulação do problema exige do pesquisador conhecimentos prévios sobre o tema.

Delimitação do Problema da pesquisa

Se o pesquisador conseguir submeter o tema a um questionamento adequado, acaba por obter facilmente o resultado almejado, que é sua delimitação. Na prática, consiste em escolher, entre os vários aspectos anteriormente levantados, aquele que merecerá estudo e investigação mais aprofundada. Mesmo que todos os problemas possam ser considerados importantes, deve-se escolher apenas um por vez, ou pelo menos, um ponto de vista por vez. É essencial fazer um recorte, escolher “o pedaço” do problema que se quer ou se precisa estudar, para estudá-lo em profundidade. É uma imposição do método.
Segundo Santos (2003, p. 40),

As pesquisas podem considerar a extensão e a profundidade do assunto, isto é, podem ser feitas privilegiando a multiplicidade dos aspectos conhecidos que compõem um tema, seus aspectos ‘horizontais’, a extensão do assunto. Podem também concentrar-se em aspectos ‘verticais’. O progresso científico, quase sempre surge do aprofundamento de aspectos de uma necessidade, isto é, estuda-se mais detidamente ‘pedaços’ dela por vez. Daí a importância de delimitação.

Geração de Hipóteses

É importante destacar que as hipóteses devem ser razoáveis, isto é, não podem implicar contradição aberta. Também, devem ser verificáveis, ou seja, podem ser desenvolvidas verificações empíricas e intelectuais a respeito delas, ou sustentá-las com base na palavra de autoridades científicas. “A hipótese relaciona duas ou mais variáveis do problema levantado e, portanto, orienta a execução da pesquisa. [...] É bastante enriquecedor neste item quando o autor do projeto apresenta as contribuições teórico-práticas que a pesquisa pode trazer” (CRUZ & RIBEIRO, 2003, p. 49).

...Saiba mais...

  Search Engine Submission - AddMe  

Quem usa nossos produtos? - Alunos das seguintes áreas:

Monografia de Arquitetura e Urbanismo Monografia de Direito Monografia de Direito Penal Monografia de Direito do trabalho Monografia de Direito Civil Monografia de Direito Internacional Monografia de Fisioterapia Monografia de Nutrição Monografia de Artes Monografia de Educação Fí­sica Monografia de Filosofia Monografia de Odontologia Monografia de Ciências Aeronáuticas Monografia de Enfermagem Monografia de Fonoaudiologia Monografia de Pedagogia Monografia de Psicopedagia Monografia de Ciências Atuariais Monografia de Engenharia Monografia de História Monografia de Psicologia Monografia de Ciências Biológicas Monografia de Engenharia Civil Monografia de Hotelaria Monografia de Quí­mica Monografia de Ciências Contábeis Monografia de Engenharia de Alimentos Monografia de Informática Monografia de Relações Internacionais Monografia de Ciências Econômicas Monografia de Engenharia de Produção Monografia de Letras Monografia de Secretariado Executivo Monografia de Administração Monografia de Engenharia Elétrica Monografia de Marketing Monografia de Serviço Social Monografia de Comunicação Social Monografia de Engenharia Química Monografia de Engenharia Civil Monografia de Matemática Monografia de Sociologia Monografia de Desenho Industrial Monografia de Farmácia Monografia de Medicina Monografia de Turismo Monografia de Ortomolecular Monografia de Direito do Meio ambiente Monografia de Engenharia do meio ambiente Monografia de Moda Monografia de Sociologia Monografia de Teologia Monografia de Ciência de Alimentos Monografia de Biotecnologia Monografia de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Monografia de Ciências Pesqueiras nos Trópicos Monografia de Ciências Florestais e Ambientais Monografia de Controladoria Monografia de Desenvolvimento Regional Monografia de Diversidade Biológica Monografia de Geociências Monografia de Patologia Tropical Monografia de Antropologia Monografia de Horticultura Monografia de Agricultura Monografia de Ciência do solo Monografia de ciência da computação Monografia de ciências

A mente que se abre a uma nova idéia jamais volta ao seu tamanho original.

- Albert Einstein.


Sitemap Bookmark and Share

an image
Monografia e Tcc
Santos - SP
Email: monografias.tcc@gmail.com

Phone: (55) (13) 3273-3263

Horário de atendimento: de 2ª a 6ª feira: das 15:00 às 22:00 horas.
Não atendemos sábados, domingos e feriados